top of page
Buscar
  • Foto do escritorInês Mota

Estágio na ESMAE

Comecei este estágio no Departamento de Adereços e Cenários da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), Porto, em Maio de 2018, após ter sido selecionada para o cargo.


O que mais me impressionou ao voltar à Esmae 2 anos após ter terminado os estudos aqui, foi aperceber-me do quanto um espaço muda quando mudam os seus ocupantes. Estranhei estar de volta a um lugar que me era tão familiar populado por rostos que me eram desconhecidos e onde passei a ter responsabilidades e funções diferentes como estagiária. Mas tudo isto foi um óptimo desafio!

Como estagiária era responsável pela organização das oficinas, salas de aula e espaços de arrumação, por cuidar dos adereços, ferramentas, materiais e equipamentos, bem como por dar apoio e supervisionar a construção de projetos cenográficos. Além dessas responsabilidades diárias, também colaborei em algumas produções ao longo do ano.


A primeira foi uma co-produção entre o curso de pós-graduação em ópera da ESMAE e o Teatro Nacional São João, intitulada "La Donna di Génio Volubile", na qual participei enquanto assistente de cenografia da cenógrafa Marta Silva, directora do Departamento de Cenografia da ESMAE e minha orientadora de estágio. Esta ópera cómica, da autoria de Marcos de Portugal, foi encenada por António Durães e estreou em Junho de 2018.

Paralelamente, estava a ajudar na limpeza e organização massiva do espaço de armazenamento principal do Departamento de Cenografia e Adereços - a Fábrica da Rua da Alegria - onde os alunos do primeiro ano fariam a sua primeira produção, também em Junho de 2018. Este processo foi fundamental para eu criar uma memória visual do que existia nos armazéns e desempenhar as minhas funções como responsável pelo empréstimo de adereços.

Outro grande projeto do meu estágio foi a criação de um inventário de todas as ferramentas, materiais e máquinas das oficinas de Cenografia. Um processo trabalhoso que envolveu fotografar, anotar referências e organizar toda a informação num documento abrangente e facilmente acessível a todos os professores.

No contexto das oficinas, compilei ainda uma lista de fornecedores com as suas coordenadas e informações de contacto, e criei folhetos informativos com o objetivo de relembrar as medidas de segurança a adoptar e os cuidados a ter para a utilização das máquinas da oficina, bem como algumas recomendações para mantê-las em bom estado.de segurança de forma a promover o trabalho seguro e autónomo dos alunos.

Na vertente mais criativa, tive a oportunidade de ajudar os alunos do 3.º ano de interpretação com os cenários e figurinos do seu projecto de peças de Gil Vicente adaptadas para o ecrã. A transmissão ao vivo dessas peças foi difundida online em Outubro de 2018.

Mais tarde, em janeiro de 2019, auxiliei novamente a Marta Silva na realização de uma cenografia para uma projecção de filmes para bebés no pequeno auditório do Teatro Municipal Rivoli, Porto, promovida pelo festival Indie Júnior. Foi tudo feito em tecido de meia de vidro e foi ótimo ver tudo ganhar vida e funcionar muito bem depois de tantos quilômetros de costura.

Mais para o final deste estágio, alguns dos últimos projectos em que colaborei foram um banquete dionisíaco para o projecto final de mestrado do Pedro Domingos; um projeto de pós-graduação em dança de Maria Gameiro; os preparativos para as comemorações dos 25 anos de existência do Curso de Teatro da ESMAE; e a modelagem de duas máscaras neutras, uma feminina e outra masculina, seguindo o modelo de Sartori e Lecoq.

Retiro várias coisas desta experiência de estágio. Uma das mais valiosas é a consolidação dos conhecimentos adquiridos ao longo da licenciatura e o ganho de prática e, consequentemente, de confiança na construção de cenários, na organização de espaços de trabalho e na gestão de diferentes projetos em simultâneo. Graças a isto sinto-me definitivamente mais preparada para os desafios futuros. Senti também que o meu trabalho foi bastante valorizado no seio da escola. Já enquanto aluna considerava que faltava no departamento de Cenografia alguém que desempenhasse estas funções que facilitam o trabalho dos alunos e dos professores. Estou muito grata por ter tido esta oportunidade e espero que muitos outros ex-alunos também possam vir a beneficiar dela.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page